Dada a evolução da pandemia COVID19, o Governo de Espanha declarou a 26 de outubro o estado de emergência (“Estado de Alarma”) em todo o território nacional. Os presidentes das Comunidades Autónomas são as autoridades competentes para decidir as medidas a aplicar, de acordo com a situação epidemiológica em cada território, pelo que as restrições variam consoante a região de Espanha.

Para o período das festas natalícias, entre 23 de dezembro e 6 de janeiro, está proibida a circulação entre as regiões espanholas, exceto para reuniões familiares para celebração do Natal ou Ano Novo (com limites de reunião, em geral, de 6 pessoas e, nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1 de janeiro, de 10 pessoas). Verifique, por favor, que o motivo da sua viagem se enquadra nas exceções previstas e leve consigo documentação comprovativa do motivo alegado.

 As restrições de entrada e saída nas regiões não se aplicam a casos de trânsito necessário e sem paragens (por exemplo, a caminho de Portugal), devidamente justificados.

Acrescem ainda as exceções decretadas para cada região, pelo que sugerimos a consulta da ligação abaixo, contendo informação útil sobre a Andaluzia, Extremadura e cidades autónomas de Ceuta e Melilla:

https://www.consuladoportugalsevilha.org/28-historico/422-covid19-restricoes-a-circulacao-em-espanha

Caso viaje por via aérea, recorde que à entrada em Espanha, no aeroporto, terá de apresentar comprovativo de teste RT-PCR de despistagem COVID19 recente, com resultado negativo.

Tenha em consideração que Portugal também tem restrições às deslocações. Assim, por favor, consulte a informação atualizada nas ligações:

- https://covid19estamoson.gov.pt/

 - https://covid19.min-saude.pt/

Pode consultar mais informação no Portal das Comunidades Portuguesas.

  • Partilhe